#TáNaMesa - Três motivos para consumir ovos

Ainda precisa se convencer de que o consumo de ovos é mais do que necessário para uma dieta balanceada? No post de hoje a Tijuca traz três motivos para mostrar o porquê você deveria incorporar esse alimento rico em proteínas na sua alimentação o mais rápido possível! Além de saborosos, os ovos oferecem diversas vantagens para o seu organismo, confira:

  • Fazem bem para o cérebro e o sistema nervoso
  • Aumentam a sensação de saciedade ao longo do dia
  • São ideais para a saúde cardiovascular

Todo mundo sabe que o café da manhã é uma das refeições mais importantes do dia, mas por que devemos optar pelo consumo de ovos nesse período do dia?

A resposta é bem simples: o consumo de ovos proporciona maior saciedade, reduzindo o consumo de alimentos calóricos nas outras refeições. Além disso, os ovos são uma opção mais saudável do que os queijos amarelos e a manteiga ou margarina, por exemplo.

A proteína do ovo pode nos manter acordados e alertas durante um dia inteiro de trabalho, e é um alimento versátil – você pode preparar diversas receitas deliciosas e nutritivas com ovos!

Hoje é celebrado o dia de uma das paixões nacionais. Dia nacional da coxinha. E para comemorar, preparamos uma receita especial para todos os coxinha lovers. Coxinha de Ovos Tijuca.

Ingredientes:

Ovos cozidos Tijuca

3 Colheres (de sopa) Farinha de rosca

1 Cebola picada

2 dentes de alho picado

2 Tabletes de caldo de galinha

3 Xícaras (de chá) de leite Sal a gosto

½ Xícara (de chá) Cebolinha picada

½ Xícara (de chá) Coentro picado

3 Xícara (de chá) Farinha de trigo

Modo de Preparo:

Após misturar tudo, espere ferver para colocar a farinha de trigo, desligue o fogo e misture tudo até a massa ficar lisa. Envolva o ovo cozido com a massa e deixe no formato de uma coxinha! Bata um ovo cru e molhe a coxinha antes de passar na farinha de rosca. Agora basta fritar até ficar douradinho.

Ovo é bom de todo jeito não é? Seja cozido, frito, mexido, feito omelete… de toda maneira ovo é um alimento completo, rico em nutrientes e sabor. Mas você sabia que existe o OVO PERFEITO, ou Ovo de Colombo?

Pois sim, ele existe e para isso ovo não deve rachar no cozimento, deve ser descascado facilmente, ter a clara macia e saborosa, a gema não deve parecer arenosa nem esverdeada e estar centralizada e o ovo não deve ter nenhum odor de enxofre.

Para essa cocção perfeita o ovo deve ser cozido em água salgada, com vinagre á 68ºC – 69ºC e deve ser mexido em circulos durante todo o processo, por cerca de 10 minutos. Ah! e antes de cozinhar o ovo, você tem que fazer um furinho com uma agulha na “bundinha “ dele, parte mais redonda.

Você deve estar se perguntando: Para que tudo isso Mattu?

Vamos a explicação: Furar o ovo faz com que o ar contido dentro dele, seja expulso durante a cocção, fazendo com que a casca não rache. O ovo é um produto poroso, por isso cozinhar ele na água com sal faz com que o ovo absorva por osmose essa solução o que torna a casca mais firme, facilitando o descasque.

E porque manter a 68°C? Essa é a temperatura ideal de cocção da gema. Sendo assim a clara , que cozinha a 63ºC, se mantém macia e a gema fica firme.

Mas cuidado, se você cozinhar a 100ºC, que é a temperatura de ebulição, fervura, da água e ultrapassar o limite de tempo de cozimento, sua clara não ficará macia e sim dura. E sua gema ficará esverdeada, porque haverá liberação de enxofre que se transformará em sulforeto de ferro, essa transformação não faz mal a saúde, mas fica visualmente desagradável.

Para cozinhar em água fervente o tempo deve ser de no máximo 14 minutos.

Por Mattu Macedo

É muito importante cuidar das condições de armazenamento e do estado físico dos ovos que vão ser consumidos para que não traga risco bacteriano para nossa saúde
(Parlamento Europeu 2004).

Um estudo recente permitiu revelou a presença de Escherichia coli e Arcobacter butzerly em ovos disponibilizados nos supermercados, mas não se observou a presença de Salmonella nem de micotoxinas (apesar destas últimas estarem presentes na alimentação dos animais estudados) (Lee, Seo et al. 2016).

A refrigeração abaixo dos 7°C permite uma inibição da multiplicação de Salmonella dentro do ovo mas assegura a sua sobrevivência na casca. Para além disso as propriedades físicas dos ovos conservados à temperatura de refrigeração também se mantêm mais do que à temperatura ambiente. Porém, cuidado ao interromper a refrigeração, pois facilita a condensação na superfície do ovo e consequente entrada de bactérias no seu interior.

Observe também qualquer
traumatismo/rachadura na casca do ovo, pois essas fissuras podem provocar a
entrada de bactérias (EFSA 2009).
DICAS:

  1. Não reaproveitar as embalagens de ovos, para evitar a contaminação de outros alimentos no caso de ovos com salmonella.
  2. Escolha ovos com casca limpa e sem rachaduras.
  3. A preparação do ovo seguras devem atingir 60 graus C durante 15 a 20 minutos (temperatura a qual a bactéria é destruída).
  4. Lave sempre a mão, utensílios e equipamentos após manusear os ovos ou alimentos que contenham vestígios de ovos.
  • Texto Contato

    Fale com a Tijuca

    “Nenhum produto terá um sabor especial se não for preparado com altos padrões de qualidade e muito carinho. A Tijuca reuniu cada um desses detalhes para oferecer a você, alimentos saudáveis e saborosos.”

    De coração,

    A Família Tijuca.